Archivo para la Categoría » Cuidados unhas «

Reflexologia pés para terminar o dia

A reflexologia encerra o dia com chave de ouro. Com as pernas esticadas, a profissional faz movimentos circulares em todos os dedos, no sentido horário e anti-horário. Abra a planta dos pés com seus dedos polegares, de baixo para cima. De acordo com o que foi apurado na avaliação médica, estimula-se ou acalma-se alguns pontos da reflexologia nos pés. Segurando os dedos firmemente com a mão esquerda, massageia-se com o polegar direito, com movimentos de baixo para cima e de cima para baixo.

Massagem pés relaxante

Uma massagem relaxante também faz parte do dia no SPA. O primeiro passo é a aplicação de um desodorante para os pés e pernas. Em seguida, aplica-se um hidratante mentolado por toda a região e inicia-se a massagem. Abraçando os pés com as mãos unidas, o profissional massageia os pés com movimentos para cima e para baixo. Depois parte para movimentos de amassamento com o punho fechado, de cima para baixo. Nas panturrilhas, segue-se massageando do joelho para os calcanhares com movimentos deslizantes. Deve-se dar especial atenção aos joelhos que têm a pele mais áspera passando hidratante.

Hidromassagem tratamento ideal

Para descansar os pés e ativar a circulação sanguínea, a hidromassagem é o tratamento ideal. Durante três minutos, os pés recebem uma massagem com movimento de trepidação dentro do aparelho específico espécie de mini-banheira de hidromassagem. As borbulhas e a trepidação da máquina auxiliam na penetração dos princípios ativos dos produtos que foram usados na esfoliação. O próximo passo é lavar bem as pernas para a retirada completa de resíduos. Depois de deixá-las enxutas, pode-se lixar os calcanhares, cuidar das unhas e afastar as cutículas não as retire, para não prejudicar a proteção natural das unhas.

A esfoliação pés

Para iniciar o processo, as pernas e os pés passam por um processo de esfoliação, para facilitar a absorção dos outros produtos que serão utilizados. Primeiro faz-se uma umidificação dos pés e das pernas. Ela pode ser feita com uma banheira de hidromassagem de pés ou em uma bacia de barro com pedras. Com um borrifadorde água, umedeça a região das pernas. Usando um sal esfoliante para os pés e pernas, começa-se uma massagem com movimentos circulares com as pontas dos dedos e palmas das mãos. Inicie o trabalho com movimentos suaves para a retirada da camada de células mortas da pele. Depois parta para movimentos mais vigorosos já com objetivo terapêuticos, para a ativação da circulação sangüínea. Não se esqueça da sola dos pés.

Um dia no Spa dos pés

Spa dos pés: logo quando se chega a um desses “oásis” de beleza, antes de começar o dia de tratamento, uma médica faz uma avaliação das necessidades da cliente-paciente e de cada problema pré-existente ou que seja notada uma tendência. Somente depois dessa análise a linha de tratamento a ser seguida é definida. Os benefícios são vários e vão desde o relaxamento profundo de pés e pernas até o diagnóstico -durante a avaliação médica – de um problema específico que não tenha sido detectado. Essa orientação pode servir para o encaminhamento do cliente até um médico para receber tratamento adequado. Dividido em quatro partes -esfoliação, hidromassagem, massagem manual e reflexologia, todo o circuito leva cerca de uma hora para ser completado. Um tempo mais que merecido para investir no seu próprio bem-estar.

Não insistir em retirar cuticulas

Os tratamentos mais comuns estão ligados à medicação local, com cortes e lixações orientadas para cada caso. E, para quem já sofre com a micose, uma providência básica deve ser seguida à risca: não insistir em retirar as cuticulas, para não eliminar a proteção natural do organismo. Alguns hábitos simples evitam o surgimento de micoses. Para começar, evite ao máximo andar descalço por lugares úmidos e de circulação pública -lava-pés, vestiários ou saunas. Esse ambiente é propício ao desenvolvimento de fungos que ocasionam as micoses.

Médico dermatologista conselho

Uma pausa no cuidado também pode acarretar complicações, segundo a doutora Dilci. “Não interrompa o tratamento sem orientação médica. Se os fungos ainda estiverem vivos, eles podem criar resistência à medicação e dificultar o encerramento do problema”, alerta a médico dermatologista.

Infecções fúngicas paciência e persistência

Por isso é muito importante não fazer auto-medicação nem usar remédios indicados por pessoas que não tenham formação direcionada. Outro aspecto que deve ser levado em consideração é que o combate às infecções fúngicas exigem paciência e persistência. “As micoses de unha são de difícil tratamento, principalmente as do pé. Além de demorado, os resultados não aparecem imediatamente”, afirma.

Uma micose

Os sintomas são os mais diversos, partindo de alterações na tonalidade e na espessura da unha até seu descolamento do leito – onde ela se prende. Justamente por conta dessa enorme variedade de sintomas a orientação médica é imprescindível. Algo que se pareça com uma micose pode ser um outro tipo de infecção que exige um cuidado totalmente diferente.

Dermatologista Dilci Franco

Segundo a dermatologista Dilci Franco, as micoses de unha -ou onicomicoses – exigem atenção especial, para que não se tornem um problema crônico. “É muito importante que quanto mais cedo for percebida a alteração na unha, mais rápido se procure um médico. É essa a garantia de um tratamento com bons resultados”, ensina a médica.